CHIP SEM PARAR

Esta havendo uma agitação nos meios oficiais sobre um novo
invento no campo da eletrônica.
Os mais bem informados juridicamente, dizem que se

trata de um chip com finalidades totalmente inconstitucionais.
Outros dizem que fere o direito à privacidade.
O aparelho é relativamente simples. Deve ser implantado

na parte frontal do cérebro, pouco abaixo da linha do início da testa.
É de tamanho reduzido e imperceptível ao olhar mais superficial.
Porém, seus resultados são devastadores.

Este chip grava tudo o que a pessoa fala ou houve.
Tudo, vinte quatro horas por dia o ano todo.
Além disso, tem embutida uma mini câmera que registra

todas as imagens no entorno da pessoa, com diferentes níveis de zoom, auto ajustável.
Então, resumindo, tudo o que se fala ou se ouve fica registrado.

Todos os locais e pessoas onde o portador do chip
se encontra são também registrados
Todas as informações do chip são enviadas a uma central,

subordinada à Polícia Federal, em que cada chip tem
um arquivo, com um código individual.
O sistema é administrado por um operador que tem
o controle dos códigos, sempre atrelados ao CPF do portador.
A qualquer tempo, por meio de mandado judicial,

todos os dados relativos a uma pessoa podem
ser transferidos a um mídia portátil e levado a um tribunal,
como prova material do processo.
São informações do tipo: o que falou para quem, ou o que ouviu
de quem, estava ou não estava em tal lugar a tal dia a tal hora,
encontrou-se ou não com fulano, participou de uma reunião com,
dormiu com, recebeu tantos reais de fulano, pagou propina a cicrano,
deu um tiro em, viajou para em companhia de,
e tantas outras informações do gênero.
Isto acaba com as expressões do tipo não sei, não vi,

não conheço, não sabia de nada, fui traído,
nunca estive lá, nunca falei, etc.
Vale por uma CPI inteira, com relatório final em poucos segundos!
É devastador para os políticos de nossa era!
Se pegar essa moda, o Brasil estará a salvo dos corruptos,

e os brasileiros terão que mudar seus hábitos!

16 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Santilli,

parabéns pelo NOVO espaço. Novo como Noite também começa com N na maioria das linguas!!!!Hahaha!
Quanto ao post, tenho certeza que essa técnica no Brasil não cola.Em pouco tempo os USUÁRIOS vão descobrir como viola-la......

Abçs

Maria Augusta disse...

Santilli, parabéns pelo novo blog, principalmente pelo tema dele. Meu primeiro blog se chamava "Crônicas da Paulicéia Revisitada", como estou longe da cidade não pude continuar a alimentá-lo. Por falar nisto a Lunna (http://www.acqua.wordpress.com/)está publicando até dia 25 uma série de posts sobre São Paulo.
Quanto ao chip, sou contra, ser seguido o dia inteiro... Além disto, os que vão colher estas informações que uso vão fazer delas? Só se fosse um castigo para os bandidos.
Abração e bom domingo.

Brancamar disse...

Santilli,
Parabéns pelo novo espaço.
Gostei desta crónica. As novas tecnologias têm tanto de bom como de mau.Este é um dos exemplos em que pode ser mau e acabar com a nossa privacidade. No entanto concordo consigo quando diz que poderia ser uma forma de estar a salvo dos corruptos, mas como já comentaram aqui eles sempre arranjariam uma maneira de corromper o sistema, nem que criassem uma lei para ficarem isentos de usar o chip ou então um vírus que bloqueasse o sistema, sei lá... qualquer coisa de que nós nem nos lembraríamos mas a eles sempre ocorre qualquer nova invenção que os beneficie.
Bom Domingo.
Um abraço

Beccari disse...

Pobre dos homens, nunca mais vão enriquecer, imagine agora o que poderia acontecer se tivesse pena de morte para crime de colarinho branco, carrasco viraria profissão de carteira assinada.

Paulo Sempre disse...

Um novo espaço. Parabéns!
Quando à matéria abordada nesta "cronica", salvo melhor opinião, implica uma grande reflexão no sentido de saber se a utilização do dispisitivo com a finalidade aqui relatada esta, ou não, ferido de inconstitucionalidade. Na minha opinião e, considerando a previsão plasmada na Constituição da Republica Portuguesa - não vou falar de outras - esta medida seria claramente inconstitucional.
O direito à privacidade é fortemente protegido pela maioria das Constituições de cariz democratico.
Abraço

Carlos A. Mascaro disse...

Caro amigo Santilli,

Fiquei muito contente ao ver que você começou a publicar suas "CRÔNICAS, Prefiro Ser Feliz Do Que Ter Razão", sobre as quais já me falara.

Esta primeira, por sinal muito pertinente à nossa época, me faz lembrar, nas devidas proporções, o livro de George Orwell "1984" e a figura do "Grande Irmão".!

Grande abraço fraterno!

Carol disse...

Olá, Luiz!
Antes de mais nada, parabéns pelo novo espaço blogosférico. Gostei muito de conhecer este teu cantinho.
Quanto ao tema deste post, meu amigo, esse chip não entra na minha testa! Que horror ter toda a minha vida na mão de alguém... Com quem dormi, o que disse ou pensei... Acho essa ideia horrível! As minhas palavras são para quem as quero dar e os pensamentos são meus!
Concordaria se fosse a forma de controlar pedófilos, violadores... Aí sim, estaria totalmente a favor!
Beijinhos e bom início de semana.

P.S: Como já é segunda-feira, aqui fica: 58kg.

quin[tarantino] disse...

Caramba, homem... você é um portento a escrever. Fulminado pela descoberta!

Sonia disse...

Parabéns pelo novo blog! Muito sucesso! Você já vai ser linkado.
Abraços.

Daniel J Santos disse...

Não me parece que seja muito aplicado nos políticos, normalmente o povo é que fica debaixo do "big brother".

Um projecto novo, muito bem será devidamente linkado no meu espaço.

Bill disse...

Cacilda!!!!! Isso é que é um verdadeiro Big Brother, Santilli!!!! Ninguém mais vai querer concorrer a nenhuma eleição neste país hehehehehehehe!!!!!

Passa lá na redação, pois quero sua opinião sobre um assunto que me atormenta ultimamente: o apagão! Tudo "ão"!!!
Grande abraço!!!!!!!

Grace Olsson disse...

Eu te encontrei no André e vim aqui ler seu blog. Eu acho que essa invenção não vai vingar. Primeiro por que os políticos que são os mais errados não vão aprovar essa medida contra si mesmo. E também por que é totalmente anticonstitucional. Com isso, acaba de vez a nossa privacidade.E isso sem concorrer a um milhão.kkkkkkkk

P.S. :Se bem que, a PF pode grampear qualquer um deles e fica por isso mesmo...kkk.

Um abraço e volto depois para ler os demais posts.

Grace Olsson

www.eueorenascerdascinzas.blogspot.com

Laerte Pupo disse...

Santilli

Parabens pelo novo blog.

Gostei das duas crônicas.

Esta do chip seria a reinvensão do Big Brother como falou o Mascaro, só que com atualização tecnológica.

Aguadamos outras.

andre wernner disse...

Santilli,
Muito bom!
Mas como tal inovação precisaria ter a aprovação dos nossos impolutos congressistas, não passa, né?
Aliás, eu aprovaria se fosse exclusivamente para presidiários e políticos, que assim como o índio Juruna dizia, “tudo que homem branco fala precisa ser gravado”. Ele se referia aos políticos que não cumpriam o prometido. Assim como fazem nos palanques.
Mas, triste o dia em que isso acontecer.
Não tenha dúvida de quem a engenharia trabalha nessa proeza de numerar o cidadão e vigiar os seus passos.
Seríamos todos manipulados. Ainda prefiro o leão...
Abs

SILÊNCIO CULPADO disse...

Santilli
Há quem se assuste com a perda de liberdade que as novas tecnologias potenciam. Porém eu penso sempre: quem não deve não teme. E a nossa liberdade não pode colidir com a liberdade dos outros.
Sei que muitos irão arrasar a ideia do chip mas eu acharia desejável que ela fosse em frente.
Como tu dizes, ninguém viu e ninguém foi e, entretanto, os corruptos e os criminosos vão tendo a vida facilitada por falta de provas.
Bejinhos

Laerte Pupo disse...

È o BBB total e irrestrito.
Só que não vai ser aprovado.
E a mafia dos grampos, vão ficar sem serviço?